Esposa do Ano Novo

12 01 2008

“…porque o fogo é único amigo do demônio”

Don McLean

Catarse renomada de uma anciã anoréxica
Bucólicos subúrbios imergidos na escuridão fria duma manhã de inverno
Sublimação infantil de uma manobra tática
Suspiros doces molhados na alma larga duma canção de amor
Ardor tranquilo de uma criança na guerra
Gritos salgados sugados na comemoração de uma batalha perdida

O calor mágico que irrigava as fantasias
Hoje parece um fiapo solto de um novelo de mentiras
As carruagens que fritavam a terra
Hoje são peças tolas de um acervo de quinquilharias

Cantigas de natal assombram o vazio da nação
A esposa do Ano Novo assobiou uma ópera para Napoleão…


Ações

Information

One response

31 05 2012
marco

e eu que orava diante da chama da vela!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: