Piegas

20 09 2007

Hoje a rua brilhava como um jasmim e o sol fervilhava de carros e gente estressada
Na carteira nada de jesuítas, no mosteiro o dinheiro corria nu por entre as colunas
Na guerra muita vida, na vida muita surpresa e coisa nova de quem sonha em conjunto
Ao lado do despertar calmo de um andante, vi uma andorinha bebâda, perdida na sua sorte
Na calma eterna do céu aberto, vi abrir uma nuvem no jardim fúnebre de um ente querido
Do mato vem o som firme de uma assistente social, do fórum só os gritos histéricos de uma rã
Tua flor morre sem água, tua vida se esvai sem sol!


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: